Brasil
Acesso à Informação

Crianças, Adolescentes e Crack: desafios para o cuidado

26/06/2018

No Dia Internacional contra o Abuso e o Tráfico Ilícito de Drogas (26/6), saiba mais sobre atenção às drogas na juventude

O Dia Internacional contra o Abuso e o Tráfico Ilícito de Drogas (26/6) marca a importância deste tema para a saúde pública. De acordo com o relatório internacional da Organização das Nações Unidas (ONU) deste ano, o World Drug Report, o uso não-medicinal de drogas prescritas está se tornando grande ameaça: os opióides estão entre os medicamentos que mais geram danos, respondendo por 76% das mortes em transtornos por uso de drogas. E os jovens são um dos grupos mais afetados.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) participa ativamente desta discussão. Este mês, o pesquisador Francisco Inácio Bastos, do Icict/Fiocruz, foi um dos debatedores durante o lançamento dos guias para auxiliar pais e professores a abordar, com crianças e adolescentes, o tema das drogas. Ele comentou sobre seu artigo, publicado no American Journal of Public Health (AJPH), em abril deste ano, que aborda o crescente volume de vendas de opiáceos a partir de prescrições médicas, no período de 2009 a 2015 no Brasil.


Cuidado e educação para os jovens

Para abordar o uso de drogas na juventude, o programa Ciênca e Letras trata do livro Crianças, Adolescentes e Crack: desafios para o cuidado. O apresentador Renato Farias conversa com as psicólogas, doutoras em Saúde da Mulher e da Criança e pesquisadoras do Departamento de Estudos de Violência e Saúde Jorge Carelli (Clave) da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (Ensp/Fiocruz), Joviana Avanci e Miriam Schenker. O programa traz uma discussão atual para a nossa sociedade. 

Neste sentido, o Portal de Periódicos Fiocruz destaca, ainda, o artigo Drogas e sociedade: material de apoio a atividades educativas na perspectiva emancipatória, publicado pela Revista Trabalho, Educação e Saúde também em abril deste ano.

Assim, integramos estas ações que conjugam conhecimento científico e educação trazendo elementos que contribuem para enfrentar este desafio na saúde. Leia os artigos e assista ao vídeo!

Autoria: 
Canal Saúde/Fiocruz

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento, que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.